Infertilidade masculina decorrente de microdeleções no cromossomo Y Male infertility caused by microdeletions on Y chromosome

Resumo

Objetivo

Abordar a infertilidade masculina causada pela microdeleção no cromossomo Y e apresentar possíveis tratamentos por meio das técnicas de reprodução humana assistida.

Métodos

Levantamento de dados da literatura científica na área da medicina reprodutiva.

Resultados

Quando comparadas com outras causas de infertilidade, as microdeleções do cromossomo Y são relativamente frequentes. O cromossomo Y é essencial para a determinação sexual masculina e no seu braço longo há regiões responsáveis pela espermatogênese. São elas AZFa, AZFb e AZFc. Essas regiões podem ser deletadas e por conter múltiplos genes essenciais para a espermatogênese podem causar infertilidade masculina. Graças aos avanços da medicina, hoje vários casos de infertilidade são tratáveis por meio das técnicas de reprodução assistida. Dentre as técnicas, a MSOME se destaca por ser uma metodologia que seleciona apenas espermatozoides morfologicamente normais para serem usados na inseminação e aumentar as chances de gestação.

Conclusões

A infertilidade masculina tem aumentado consideravelmente nos últimos anos e as causas genéticas são uma das grandes consequências disso. As microdeleções do cromossomo Y podem causar desde uma oligozoospermia leve a uma azoospermia, a depender da região AZF afetada. Para as causas mais leves, o casal pode recorrer a algumas técnicas de reprodução assistida e para as causas mais graves a solução para o casal pode ser usar gametas doados.

Leia mais…

Apoie a ABRAI

Para manter os seus canais de informação, oferecer cursos e palestras ou ajudar diretamente pessoas Intersexo em situação de fragilidade física e psicológica, a ABRAI precisa de fundos. Veja como ajudar.